Prefeitura da Serra alerta para cuidados na prevenção da covid-19

Prefeitura da Serra alerta para cuidados na prevenção da covid-19

A pandemia do novo coronavírus não só não acabou como temos acompanhado o aumento de casos positivos, com a chegada da nova onda da doença. Portanto, nunca é demais reforçar os cuidados, sobretudo com a prevenção.

Além da vacinação, disponível sem agendamento nas salas de vacinas das Unidades de Saúde e locais de ação extramuros; a Secretaria de Saúde da Serra reforça, ainda, os locais disponíveis de testagem da Covid-19.

Não há necessidade de agendar, nem tampouco de encaminhamento médico. No caso de sintomas ou contato com algum paciente com sintomas gripais, é recomendado que procure os nossos serviços e descarte a suspeita e proliferação da doença.

De segunda a sexta, das 8h às 13 horas, as equipes de saúde que atuam no Laboratório Central Municipal, localizado em Jardim Limoeiro, realizam tanto o teste rápido, também conhecido como antígeno, quanto o RT-PCR. Mais informações pelos seguintes telefones: 3338-6745, 3338-6869.

A testagem também é feita em algumas Unidades de Saúde, de acordo com a capacidade técnica e horário de cada equipe.

É necessário apresentar documento pessoal com foto, CPF ou cartão do SUS. No caso do teste rápido, o resultado sai em 10 minutos. Já, no caso do RT-PCR, em 48 horas.

Uso obrigatório de máscara

O uso de máscara continua obrigatório nos equipamentos de saúde da Serra. Em abril deste ano, a Secretaria de Saúde da Serra publicou, no Diário Oficial, o decreto nº 2.689 (11 de abril de 2022), que estabelece a manutenção do item individual de segurança, apesar da flexibilização para seu uso em outros locais, sejam eles abertos ou fechados.

O documento mantém a obrigatoriedade do uso da máscara para acessar e permanecer nas Unidades Assistenciais de Saúde, como: Unidades de Saúde, Centro de Atenção Psicossocial (CAPs), Ambulatório Municipal de Especialidades (AMES), Laboratório Central Municipal, Hospital Municipal Materno Infantil (HMMI), Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA).

O decreto também inclui sua obrigatoriedade em Instituições de Longa Permanência (ILPIs).

 

Fonte: PMS